Skip to content

Recapitulando o ano de 2015 e meu melhor momento.

dezembro 30, 2015

Confesso que não fiz muitas viagens neste ano que está terminando, trabalhei muito, porém sou agradecida por ter tido a oportunidade de tirar três semanas de férias em junho para retornar à Europa após quatros anos de hiato. Três semanas incríveis de descanso, muita praia e, o mais importante, curtindo a família. Agora no final do ano e pensando naquilo que passamos este ano chego à conclusão que uma viagem muito bem feita e planejada é melhor do que várias. Ainda tenho lembranҫas da arrumaҫão das malas, nos vídeos que gravei, na sensaҫão de liberdade ao entrar no avião da British airways e mais tarde da United Airlines. Nos dias ensolarados, nas praias de águas cristalinas e principalmente de estarmos juntos, dando risadas juntos, ficando bravos e nos curtindo.

O melhor momento neste ano foi em Mikonos, Praia de Agios Johannes. A recepcionista do hotel nos recomendou ir até esta praia por ter ventos amenos e por ser popular entre turistas. Logo topamos porque o vento na ilha estava realmente nos incomodando após um certo tempo. Pegamos o busão e ao comeҫarmos a descer a rua em direҫão a praia percebi que este local me lembrava de algo. Logo na descida vi a placa indicando a entrada de um hotel chamado Manoulas e minha cabeҫa comeҫou a girar. Eu conhecia este nome de algum lugar. Será que tinha sonhado com este lugar? Ao chegar à praia nos acomodamos em duas cadeiras de praia e um guarda-sol da taverna mais popular da praia. Ali sob o som alto de música, mulheres de topless, casais se beijando e tomando vinho espumante resolvi entrar na taverna e chamar o gerente do local, tinha uma vaga ideia de onde conhecia este local. A gerente veio logo me encontrar e com uma voz trêmula perguntei se aquele era o local onde havia sido rodado o filme Shirley Valentine de 1989. A gerente abriu um sorriso e disse que “sim” ao apontar na parede fotos de Tom Conti e Pauline Collins. Neste mesmo momento comecei a chorar. Assisti a este filme com 15 anos e ao terminar disse a mim mesma que um dia iria à Grécia. Shirley Valentine tinha 42 anos quando comeҫou a viajar e descobrir o mundo e ali estava eu, com 40 anos, vivenciando os mesmos sentimentos que ela teve ao ver aquele mar lindo com um céu azul e o sol forte sob nossas cabeҫas. Agradeci e voltei ainda chorando para minha cadeira de praia. Meu marido me perguntou o que aconteceu e expliquei por cima, ele sabe que Shirley Valentine é meu filme predileto apesar de não entender o porquê. Olhei em volta e percebi que as pessoas continuavam cuidando de si mesmas, mas eu certamente me sentia diferente. Fechei os olhos e agradeci por estar viva, passei o resto da tarde vendo meus filhos brincando nas areias da praia. Ao ir embora, peguei uma pedra na praia e a trouxe para casa, para eu sempre me lembrar de que sonhos podem se tornar realidade mesmo quando não planejados. Até mais,

 

Anúncios

From → Papo de Viajante

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: