Skip to content

Comunicação durante viagens.

setembro 15, 2015

Em minha primeira viagem ao exterior uma das coisas que me deixavam mais animadas era o fato de que ficaríamos incomunicáveis por 28 dias sem notícias do que ocorreria no Brasil e com a possibilidade de ligações esporádicas para meu pai de no máximo 2 minutos para que o valor da ligação não ficasse muito caro. Fizemos a viagem em 1998, logo na saída do avião da Sabena de São Paulo em direção à Bruxelas uma moça nos abordou e perguntou se estaríamos interessadas em comprar um cartão telefônico internacional que nos daria cerca de 60 minutos de conversação de qualquer país europeu, na hora minha mãe topou, afinal de contas ficaríamos um bom tempo fora de casa e ela não ia aguentar ficar tanto tempo longe do meu pai.

Fizemos a viagem e inauguramos o cartão de aeroporto de Bruxelas para avisar que o avião chegou e que estávamos bem. Em Paris em frente ao Lido minha mãe fez questão de usar o cartão novamente para avisar meu pai de onde estávamos falando. De cada país por onde visitamos enviávamos cartões postais, tínhamos trazido conosco uma lista de endereços e como é ótima a experiência de enviar cartões postais para pessoas que amamos.

No final da viagem ainda tínhamos alguns minutos disponíveis e foi ótimo ter investido dinheiro no cartão.

Com a revolução da tecnologia de comunicação nas últimas décadas não é mais necessário comprar cartões de ligação internacionais ou mandar cartões postais, a internet proporciona várias opções de comunicar-se com familiares e amigos enquanto estamos viajando.

Nas últimas duas viagens internacionais que fiz eu tenho usando meu smartphone junto com o aplicativo da Skype para fazer ligações para a minha família. A vantagem do Skype é que utilizando o sistema de créditos você faz chamadas do Skype para o telefone fixo ou celular. Antes de sair de casa ponho cerca de 10 dólares de crédito e ao chegar ao meu destino eu faço as ligações para minha família quando tenho acesso a internet. Ainda não acho necessário desbloquear meu celular para funcionar no exterior o uso da internet com o Skype tem resolvido meu problema, além disso, deixo o nome, endereço e telefones dos meus hotéis com meus familiares para casos de urgência, ainda uso aplicativos do Facebook para publicar fotos de nossa jornada, tenho uma lista restrita para publicar fotos somente para quem é da minha família, porém ainda não abri mão de enviar cartões postais. Até mais.

Anúncios

From → Papo de Viajante

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: