Skip to content

Causos de viajante: no que confiar, guia de viagens ou em você mesmo?

março 25, 2013

Isso aconteceu alguns anos atrás, após visitarmos a Port du Gard no sul da França tínhamos que retornar ao nosso hotel em Avignon, fomos de ônibus, transporte coletivo. Ao terminar de visitar a ponte, altamente recomendável, uma maravilha que os Romanos deixou para a posteridade, retornamos ao mesmo ponto de ônibus. Nosso guia de mãos nos dizia que teríamos que pegar o ônibus no lado oposto de onde tínhamos chegado, a frase tinha sido escrita com ênfase, olhei para meu marido e não fazia sentido que teríamos de pegar o ônibus do outro lado da rotatória. Depois de uma breve conversa decidimos ficar onde estávamos e ver o que acontecia se o busão aparecesse do outro lado então pegaríamos o próximo. Depois de uns quinze minutos esperando apareceu o dito cujo com o escrito “Avignon” na frente, ao entrarmos confirmamos com o motorista se realmente estava indo a Avignon e ele confirmou que sim, entramos, sentamos e correu tudo certinho. Até hoje não entendi porque o guia era enfático com relação a onde pegaríamos o ônibus, talvez houve um erro gráfico e queria dizer que para Nimes você teria que estar do outro lado da rotatória mas a moral da história é que sempre viajando confie no seu bom senso mais do que tudo, guias também podem ser mal interpretados. Para mais informações sobre a Pont du Gard: www.pontdugard.fr

Anúncios

From → Papo de Viajante

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: